LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • São Boaventura
  • Legenda Maior

TEXTO ORIGINAL

Legenda Maior - XII,12

12 
1 Cum his et aliis multis miraculorum prodigiis praeco Christi praedicans coruscaret, attendebatur his quae dicebantur ab eo ac si Angelus Domini loqueretur (cfr. Iudc 2,4). 
2 Excellens namque in ipso praerogativa virtutum, prophetiae spiritus (cfr. Apoc 19,10), efficacia miraculorum, oraculum de praedicando caelitus datum, obedientia creaturarum ratione carentium, vehemens immutatio cordium ad verborum ipsius auditum, eruditio eius a Spiritu sancto praeter humanam doctrinam, praedicandi auctoritas a Summo Pontifice non sine revelatione concessa, 
3 insuper et Regula, in qua forma praedicandi exprimitur, ab eodem Christi Vicario confirmata, 
4 summi quoque Regis signacula per modum sigilli corpori eius impressa tamquam testimonia decem toti saeculo indubitanter affirmant, Christi praeconem Franciscum et venerandum officio et doctrina authenticum et admirabilem sanctitate, ac per hoc tamquam vere Dei nuntium Christi Evangelium praedicasse.

TEXTO TRADUZIDO

Legenda Maior - XII,12

12 
1 Como por esses e muitos outros prodígios de milagres, o pregoeiro de Deus brilhava em sua pregação, escutavam o que ele dizia como se um anjo do céu estivesse falando. 
2 Pois nele eram excelentes a prerrogativa das virtudes, o espírito de profecia, a eficácia dos milagres, o oráculo para pregar que era dado do céu, a obediência das criaturas irracionais, a enorme mudança dos corações ao ouvir suas palavras, a erudição que vinha do Espírito Santo e ultrapassava o ensinamento humano, a autoridade para pregar concedida pelo Sumo Pontífice não sem uma revelação.
3 Além disso, a Regra, em que se expressa a forma de pregar, confirmada pelo próprio Vigário de Cristo. 
4 E também os sinais do sumo rei, impressos como selos no seu corpo, afirmam a todo o mundo, sem nenhuma dúvida, como dez testemunhos que Francisco foi pregoeiro de Cristo, venerável pelo ofício, autêntico pela doutrina, admirável pela santidade, e que, por isso, como um verdadeiro embaixador de Deus, pregou o Evangelho.