LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Segunda Vida (2Cel)

TEXTO ORIGINAL

Secunda Vita (2Cel) - 121

Caput LXXXV - Exemplum ad propositum.

121 
1 Occurit animo quod nullatenus transeundum puto. 
2 Frater quidam cum fratres videret in quadam curia commorantes, illectus qua gloria nescio, desideravit una cum eis fieri palatinus. 
3 Et cum de curia curiosus exsisteret, nocte quadam videt in somnis (cfr. Gen 31,24) fratres praedictos extra locum fratrum positos et ab eorum consortio separatos. 
4 Videt insuper eos comedentes in vase porcorum turpissimo et immundo, in quo cicera manducabant, humanibus stercoribus intermixta. 
5 Cernens hoc, frater vehementer obstupuit, et diluculo surgens (cfr. Mar 1,35) amplius de curia non curavit.

TEXTO TRADUZIDO

Segunda Vida (2Cel) - 121

Capítulo 85 - Um exemplo a propósito.

121 
1 Lembro-me de um caso que acho que não pode ser deixado de lado. 
2 Certo frade, vendo que outros irmãos moravam em um palácio, levado por não sei que vanglória, quis ser palaciano com eles. 
3 Estando cheio de curiosidade pela corte, numa noite viu em sonhos os referidos irmãos postos para fora do lugar dos frades e separados de sua companhia. 
4 Viu-os também a comer numa vilíssima e imunda gamela de porcos, onde havia grão de bico misturado com esterco humano. 
5 Diante disso, o frade ficou assustadíssimo e, quando se levantou pela manhã, já não queria mais saber de palácios.