LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Admoestações - 10

    DE CASTIGATIONE CORPORIS

    1 Multi sunt, qui dum peccant vel iniu-riam recipiunt, saepe inculpant inimicum vel proximum.

    2 Sed non est ita: quia unusquisque in sua potestate habet inimicum, videlicet corpus, per quod peccat.

    3 Unde beatus ille servus (Mat 24,46), qui talem inimicum traditum in sua potestate semper captum tenuerit et sapienter se ab ipso custodierit;

    4 quia, dum hoc fecerit, nullus alius inimicus visibilis vel invisibilis ei nocere poterit.

    TEXTO TRADUZIDO

    Admoestações - 10

    SOBRE O CASTIGO DO CORPO

    1 Há muitos que quando pecam ou recebem uma injúria, muitas vezes acusam o inimigo ou o próximo.

    2 Mas não é assim: porque cada um tem em seu poder o inimigo, isto é, o corpo, pelo qual peca.

    3 Por isso, bem-aventurado é o servo (Mt 24,46) que sempre mantiver preso em seu poder tal inimigo e sabiamente guardar-se dele;

    4 porque, enquanto fizer isso, nenhum outro inimigo visível ou invisível poderá prejudicá-lo.