LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    EPISTOLA AD POPULORUM RECTORES

    1. Universis potestatibus et consulibus, iudicibus atque rectoribus ubique terrarum et omnibus aliis, ad quos litterae istae pervenerint, frater Franciscus, vester in Domino Deo servus parvu-lus et despectus, salutem et pacem omnibus vobis optans. 2. Considerate et videte, quoniam dies mortis appropinquat (cfr. Gen 47,29). 3. Rogo ergo vos cum reverentia, sicut possum, ne propter curas et sollicitudines huius saeculi (cfr. Mat 13,22), quas habetis, Dominum oblivioni tradatis et a mandatis eius declinetis, quia omnes illi, qui eum oblivioni tradunt et a mandatis eius declinant, maledicti sunt (cfr. Ps 118,21) et ab eo oblivioni tradentur (Ez 33,13). 4. Et, cum venerit dies mortis, omnia, quae putabant habere, auferentur ab eis (cf Lc 8,18). 5. Et, quanto sapientiores et potentiores fuerint in hoc saeculo, tanto maiora tormenta sustinebunt in inferno (cfr. Sap 6,7). 6. Unde firmiter consulo vobis, dominis meis, ut omni cura et sollicitudine posthabitis et sanctissimum corpus et sanctissimum sanguinem Domini nostri Jesu Christi in eius sancta commemoratione benigne recipiatis. 7. Et tantum honorem in populo vobis commisso Domino conferatis, ut quolibet sero annuntietur per nuntium vel per aliud signum, quo omnipotenti Domino Deo ab universos populo laudes et gratiae referantur. 8. Et, si hoc non feceritis, sciatis vos debere coram Domino Deo vestro Jesu Christo in die iudicii reddere rationem (cfr. Mat 12,36). 9. Hoc scriptum qui apud se retinuerint et observaverint illud, a Domino Deo se noverint benedictos.

    TEXTO TRADUZIDO

    Carta aos Governadores dos Povos

    1. A todos os podestás e cônsules, juizes e governadores em toda a terra e a todos os outros aos quais chegar esta carta, Frei Francisco, vosso servo pequenino e desprezível no Senhor Deus, desejando a todos vós saúde e paz. 2. Considerai e vede que o dia da morte se aproxima (cfr. Gn 47,29). 3. Por isso eu vos rogo com reverência, como posso, que, por causa dos cuidados e solicitudes deste século (cfr. Mt 13,22), que tendes, não entregueis o Senhor ao esquecimento nem vos desvieis de seus mandamentos, porque todos aqueles, que o entregam ao esquecimento e se desviam de seus mandamentos são malditos (cfr. Sl 118,21) e serão por ele lançados no esquecimento (Ez 33,13). 4. E, quando chegar o dia da morte, tudo que julgavam ter lhes será tirado (cfr. Lc 8,18). 5. E, quanto mais sábios e poderosos tiverem sido neste século, tanto maiores tormentos suportarão no inferno (cfr. Sb 6,7). 6. Por isso firmemente vos aconselho, senhores meus, que, pondo de lado todo cuidado e preocupação, benignamente recebais tanto o santíssimo corpo como o santíssimo sangue de nosso Senhor Jesus Cristo em sua santa comemoração. 7. E que consagreis tanta honra ao Senhor no povo a vós confiado, que cada tarde se anuncie por um pregoeiro ou por outro sinal, pelo qual sejam dados louvores e graças ao Senhor Deus onipotente por todo o povo. 8. E, se isso não fizerdes, sabei que devereis dar contas diante do vosso Senhor Deus Jesus Cristo no dia do juízo (cfr. Mt 12,36). 9. Os que guardarem consigo este escrito e o observarem, saibam que são abençoados pelo Senhor Deus.