LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Escritos de São Francisco
  • Orações
  • Ofício da Paixão

TEXTO ORIGINAL

Psalmus [XV]

1Exsultate Deo adiutori nostro (Ps 80,2) * iubilate Domino Deo vivo et vero in voce exsultationis (Ps 46,2). 2Quoniam Dominus excelsus * terribilis Rex magnus super omnem terram (Ps 46,3). 3Quia sanctissimus pater de caelo, Rex noster ante saecula (Ps 73,12), misit dilectum Filium suumde alto * et natus fuit de beata virgine sancta Maria. 4Ipse invocavit me: Pater meus es tu (Ps 88,27) * et ego primogenitum ponam illum, excelsum prae regibus terrae(Ps 88,28). 5In illa die mandavit Dominus misericordiam suam * et nocte canticum eius (cfr. Ps 41,9). 6Haec est dies, quam fecit Dominus * exsultemus et laetemur in ea (Ps 117, 24). 7Quia sanctissimus puer dilectus datus est nobis, et natus fuit pro nobis (cfr. Is 9,6) in via et positus in praesepio * quia non habebat locum in diversorio (cfr. Lc 2,7). 8Gloria in altissimis Domino Deo * et in terra pax hominibus bonae voluntatis (cfr. Lc 2, 14). 9Laetentur caeli et exsultet terra, commoveatur mare et plenitudo eius * gaudebunt campi et omnia, quae in eis sunt (Ps 95,11-12). 10Cantate ei canticum novum * cantate Domino omnis terra (Ps 95,1). 11Quoniam magnus Dominus et laudabilis nimis * terribilis est super omnes deos (Ps 95,4). 12Afferte Domino patriae gentium, afferte Domino gloriam et honorem * afferte Domino gloriam nomini eius (Ps 95,7-8). 13Tollite corpora vestra, et baiulatesanctam crucem eius * et sequimini usque in finem sanctissima praecepta eius (cfr. Lc 14, 27; 1Petr 2,21).

Nota, quod iste psalmus dicitur a Nativitate Domini usque ad octavam Epiphaniae ad omnes horas. Si quis voluerit dicere hoc officium beati Francisci, ita dicat illud: primo dicat Pater noster cum laudibus, scilicet: Sanctus, sanctus, sanctus. Finitis laudibus cum oratione ut supra incipiatur antiphona: Sancta Maria cum psalmo qui constitutus est unicuique horae diei et noctis. Et cum magna reverentia dicatur.

TEXTO TRADUZIDO

Salmo [XV]

1Exultai em Deus, nosso protetor (Sl 80,2); * aclamai com vozes de júbilo o Senhor, Deus vivo e verdadeiro (Sl 46,2).2Porque o Senhor é o altíssimo, o temível * o grande Rei de toda a terra (Sl 46,3). 3Pois o santíssimo Pai do céu, Rei nosso antes de todos os séculos (Sl73,12), mandou do alto seu amado Filho * e nasceu da bem-aventurada virgem Santa Maria. 4Ele me invocou: Vós sois meu Pai (Sl 88,27) * e eu o farei primogênito, excelso sobre os reis da terra (Sl 88,28). 5Naquele dia concedeu o Senhor sua misericórdia, * e de noite ressoou o seu louvor (cf. Sl 41,9). 6Este é o dia que o Senhor fez; * nele exultemos e nos alegremos (Sl 117,24). 7Porque um santíssimo menino amado nos foi dado, e nasceu por nós (cf. Is 9,6) no caminho e foi posto num presépio * porque não tinha lugar na pousada (cf. Lc 2,7). 8Glória ao Senhor Deus nas alturas, * e na terra paz aos homens da boa vontade (cf. Lc 2,14). 9Alegrem-se os céus e exulte a terra, comova-se o mar com tudo que contém, * rejubilem-se os campos e tudo que neles existe (Sl 95,11-12).
10Cantai ao Senhor um cântico novo; * cantai ao Senhor por toda a terra (Sl 95,1). 11Porque o Senhor é grande e merece todo louvor, * é mais temível que todos os deuses(Sl 95,4). 12Dai ao Senhor, ó famílias dos povos, dai ao Senhor glória e poder (Sl 95,7-8) * Daí ao Senhor a glória do seu nome (Sl 95,8). 13Oferecei vossos corpos (cfr. Rm 12,1) e carregai sua santa cruz (cfr. Lc 14,27; Jo 19,17), * esegui até o fim seus santíssimos preceitos (cfr. 1Pd 2,21).

Note que este Salmo se diz desde o Natal do Senhor até a oitava da Epifania em todas as horas. Se alguém quiser dizer este ofício do bem-aventurado Francisco, assim o diga: primo diga o Pai nosso com os louvores, isto é: Santo, santo, santo. Acabadas as Laudes com a oração acima, comece a antífona: Santa Virgem Maria com o Salmo, que foi estabelecido para cada hora do dia e da noite. E o diga com grande reverência.