LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Regra não Bulada - 12

    DE MALO VISU ET FREQUENTIA MULIERUM

    1 Omnes fratres, ubicumque sunt vel vadunt, caveant sibi a malo visu et frequentia mulierum.

    2 Et nullus cum eis consilietur aut per viam vadat solus aut ad mensam in una paropside comedat.

    3 Sacerdotes honeste loquantur cum eis dando poenitentiam vel aliud spirituale consilium.

    4 Et nulla penitus mulier ab aliquo fratre recipiatur ad obedientiam, sed dato sibi consilio spirituali, ubi voluerit agat poenitentiam.

    5 Et multum omnes nos custodiamus et omnia membra nostra munda teneamus, quia dicit Dominus: Qui viderit mulierem ad concupiscendam eam, iam moechatus est eam in corde suo (Mt 5,28).

    6 Et apostolus: An ignoratis, quia membra vestra templum sunt Spiritus Sancti? (cfr. 1Cor 6,19); itaque qui templum Dei violaverit disperdet illum Deus (1 Cor 3,17).

    TEXTO TRADUZIDO

    Regra não Bulada - 12

    DOS MAUS OLHARES E DO TRATO COM AS MULHERES

    1 Todos os frades, onde quer que estão ou vão, guardem-se dos maus olhares e da freqüência das mulheres.

    2 E ninguém se aconselhe com elas ou vá sozinho pelo caminho ou coma à mesa no mesmo prato.

    3 Os sacerdotes falem honestamente com elas ao dar a penitência outro conselho espiritual.

    4 E nenhuma mulher, absolutamente, seja recebida à obediência por um frade, mas, dado o conselho espiritual, faça penitência onde quiser.

    5 E todos guardemo-nos muito e tenhamos puros todos os nossos membros, porque diz o Senhor: "Quem olhar uma mulher para desejá-la, já adulterou com ela em seu coração" (Mt 5,28).

    6 E o apóstolo: Será que ignorais que vossos membros são templo do Espírito Santo? (cfr. 1Cor 6,19); portanto, quem violar o templo de Deus, Deus o destruirá (1Cor 3,17).