LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Escritos de São Francisco
  • Proposta de vida
  • Regra não bulada

TEXTO ORIGINAL

Regra não Bulada - 16

DE EUNTIBUS INTER SARRACENOS ET ALIOS INFIDELES

1 Dicit Dominus: Ecce ego mitto vos sicut oves in medio luporum.

2 Estote ergo prudentes sicut serpentes et simplices sicut columbae” (Mt 10,16).

3 Unde quicumque frater voluerit ire inter saracenos et alios infideles, vadat de licentia sui ministri et servi.

4 Et minister det eis licentiam et non contradicat, si viderit eos idoneos ad mittendum; nam tenebitur Domino reddere rationem (cfr. Lc 18,2), si in hoc vel in aliis processerit indiscrete.

5 Fratres vero, qui vadunt, duobus modis inter eos possunt spiritualiter conversari.

6 Unus modus est, quod non faciant lites neque contentiones, sed sint subditi omni humanae creaturae propter Deum (1Petr 2,13) et confiteantur se esse chris-tianos.

7 Alius modus est, quod, cum viderint placere Domino, annuntient verbum Dei, ut credant Deum omnipotentem, Patrem et Filium et Spiritum Sanctum, creatorem omnium, redemptorem et salvatorem Filium, et ut baptizentur et efficiantur christiani, quia qui renatus non fuerit ex aqua et Spiritu Sancto, non potest intrare in regnum Dei (cfr. Joa 3,5).

8 Haec et alia, quae placuerint Domino, ipsis et aliis dicere possunt, quia dicit Dominus in evangelio: “Omnis, qui confitebitur me coram hominibus, confitebor et ego eum coram Patre meo, qui in caelis est” (Mt 10,32).

9 Et: “Qui erubuerit me et sermones meos, et Filius hominis erubescet eum, cum venerit in maiestate sua et Patris et angelorum” (cfr. Lc 9,26).

10 Et omnes fratres, ubicumque sunt, recordentur, quod dederunt se et reliquerunt corpora sua Domino Jesu Christo.

11 Et pro eius amore debent se exponere inimicis tam visibilibus quam invisibilibus; quia dicit Dominus: “Qui perdiderit animam suam propter me, salvam faciet eam (cfr. Lc 9,24) in vitam aeternam” (Mt 25, 46).

12 ”Beati qui persecutionem patiuntur propter iustitiam, quoniam ipsorum est regnum caelorum” (Mt 5,10). 13 “Si me persecuti sunt, et vos persequentur” (Joa 15,20). 14 Et: Si persequuntur vos in una civitate, fugite in aliam (cfr. Mt 10,23).

15 Beati estis (Mt 5,11), cum vos oderint homines (Lc 6,22) et maledixerint vobis (Mt 5,11) et persequentur vos (cfr. l.c.) et separaverint vos et exprobraverint et eiecerint nomen vestrum tamquam malum (Lc 6,22) et cum dixerint omne malum adver-sum vos mentientes propter me (Mt 5, 11).

16 Gaudete in illa die et exsultate (Lc 6,23), quoniam merces vestra multa est in caelis (cfr. Mt 5,12).

17 Et ego dico vobis amicis meis, non terreamini ab his (cfr. Lc 12,4),

18 et nolite timere eos qui occidunt corpus (Mt 10,28) et post hoc non habent amplius quid faciant (Lc 12,4).

19 Videte, ne turbemini (Mt 24,6).

20 In patientia enim vestra possidebitis animas vestras (Lc 21,19),

21 et qui perseveraverit usque in finem, hic salvus erit (Mt 10,22; 24,13).

TEXTO TRADUZIDO

Regra não Bulada - 16

DOS QUE VÃO ENTRE OS SARRACENOS E OUTROS INFIÉIS

1 Diz o Senhor: "Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos.

2 Sede portanto prudentes como as serpentes e simples como as pombas" (Mt 10,16).

3 Por isso qualquer frade que quiser ir entre sarracenos e outros infiéis, vá com a licença de seu ministro e servo.

4 O ministro dê-lhes a licença e não contradiga, se os vir idôneos para serem mandados; pois deverá prestar contas a Deus (cfr. Lc 18,2) se nisso ou em outras coisas proceder indiscretamente.

5 Mas os frades que vão, podem comportar-se espiritualmente entre eles de dois modos.

6 Um modo é que não façam nem litígios nem contendas, mas estejam submetidos a toda criatura humana por Deus (1Pd 2,13) e confessem que são cristãos.

7 Outro modo é que, quando virem que agrada ao Senhor, anunciem a palavra de Deus, para que creiam em Deus onipotente, Pai e Filho e Espírito Santo, criador de tudo, no Filho redentor e salvador, e que sejam batizados e se tornem cristãos, por-que quem não renascer da água e do Espírito Santo não pode entrar no reino de Deus (cfr. Jo 3,5).

8 Estas e outras coisas, que agradarem ao Senhor, podem dizer a eles e a outros, porque diz o Senhor no evangelho: "Todo que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus" (Mt 10,32).

9 E "Quem se envergonhar de mim e de minhas palavras, também o Filho do homem o envergonhará quando vier na majestade sua e do Pai e dos anjos" (cfr. Lc 9,26).

10 E todos os frades, onde quer que estão, lembrem que se deram e cederam seus corpos ao Senhor Jesus Cristo.

11 E por seu amor devem se expor aos inimigos tanto visíveis como invisíveis; porque diz o Senhor: "Quem perder a sua alma por mim, vai salvá-la (cfr. Lc 9,24) para a vida eterna" (Mt 25,46).

12 "Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus" (Mt 5,10).

13 "Se me perseguiram, perseguirão também a vós" (Jo 15,20).

14 E Se vos perseguirem em uma cidade, fugi para outra (cfr. Mt 10,23).

15 Bem-aventurados sois (Mt 5,11) quando os homens vos odiarem (Lc 6,22) e vos amaldiçoarem (Mt 5,11) e vos perseguirem (cfr. l.c.) e vos separarem e e exprobarem e lançarem vosso nome como mau (Lc 6,22) e quando disserem todo mal contra vós, mentindo, por minha causa (Mt 5,11).

16 Alegrai-vos nesse dia e exultai (Lc 6,23), porque muita é a vossa recompensa no céu (cfr. Mt 5,12).

17 E eu vos digo, a vós meus amigos, não vos aterrorizeis por eles (cfr. Lc 12,4),

18 e não temais os que matam o corpo (Mt 10,28) e depois não têm mais o que fazer (Lc 12,4).

19 Vêde de não vos perturbar (Mt 24,6).

20 Pois em vossa paciência pos-suireis vossas almas (Lc 21,19),

21 e quem perseverar até o fim, esse será salvo (Mt 10,22; 24,13).