LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Juliano de Spira
  • Vida de São Francisco

TEXTO ORIGINAL

Vita Sancti Francisci - 11

11.

1 Tandem qui pretiosis uti consueverat indumentis, in sola vili camisia venit ad quoddam coenobium monachorum, ubi nimirum nec agnitus nec reputatus, cum victus penuria viliter in coquina permissus est;

2 donec, viso quod nuditatem eius miserationis oculis nemo respiceret, post plures dies sola necessitate compulsus abiret.

3 Postea tamen, cum sanctitatis eius circumquaque fama crebresceret, prior loci, graviter ob curam tanti viri neglectam compunctus usque ad illum dolens pervenit et humiliter ab eo pro se suisque veniam postulavit.

4 Progressus igitur a monasterio supradicto pauperculus Iesu Christi, veniensque in civitatem cui nomen Eugubium, illuc quemdam suum, quem noverat, amicum pristinum requisivit, qui ob veterem amicitiam tunicula nuditatem illius obtexit.

TEXTO TRADUZIDO

Vida de São Francisco - 11

11.

1 Por fim, ele, acostumado a vestir roupas preciosas, apresentou-se à porta de uma casa de monges, ves­tindo apenas uma camisa pobre. Ali, nem reconhe­cido nem considerado, deixaram-no ir à cozi­nha tomar um pobre alimento;

2 até que, visto que ninguém olhava com compaixão para a sua nudez, depois de alguns dias, forçado pela necessidade, teve que ir embora.

3 Mais tarde, porém, quando a fama da sua santidade se espalhou por toda parte, o prior daquele lugar, gravemente arrependido por terem cuidado mal de um homem daqueles, procurou-o e humildemente pediu perdão para si e para seus companheiros.

4 Saindo do referido mosteiro, o pobrezinho de Jesus Cristo chegou à cidade de Gubbio, onde encontrou um antigo amigo que, em nome da velha amizade, cobriu-lhe a nudez com uma tú­nica pequena.