LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Juliano de Spira
  • Vida de São Francisco

TEXTO ORIGINAL

Vita Sancti Francisci - 15

Caput III - Qualiter evangelicam perfectionem aggrediens habitum secundo mutavit, praedicavit et socios fratres habere coepit; et quomodo sui et illorum exitum praecognovit, binos per mundum divisit et iterum congregare obtinuit. 

15.

1 Beatus itaque Franciscus trium, ut dictum est, ecclesiarum opere consummato, habitum adhuc eremiticum tunc temporis habuit, baculumque manu gestans, pedibus calceatis et corrigia cinctus incessit.

2 Audiens autem die quadam inter missarum solemnia ea quae Christus in Evangelio missis ad praedicandum discipulis loquitur, ne videlicet aurum vel argentum possideant, ne peram in via vel sacculum, ne virgam vel panem portent, ne calceamenta vel duas tunicas habeant (cfr. Mat 10,9-10; Mar 6,8.9);

3 intelligensque haec eadem postmodum plenius ab ipso presbytero, indicibili gaudio mox repletus: “Hoc”, inquit, “est quod quaero; hoc est quod totis praecordiis concupisco!”.

4 Igitur cunctis, quae audierat, tenaci memoriae commendatis, laetanter his adimplendis innititur, duplicibusque sine mora depositis, ex hoc iam virga, calceamentis, sacculoque vel pera non utitur.

5 Fecit proinde tunicam plurimum contemptibilem et incultam, reiectaque corrigia, funiculo cinxit illam.

TEXTO TRADUZIDO

Vida de São Francisco - 15

Capítulo III - Como, ao iniciar a perfeição evangélica, mudou de roupa pela segunda vez, pregou e começou a ter irmãos; e como previu o seu êxito e o deles, enviou-os dois a dois pelo mundo e depois conseguiu reuni-los novamente. 

15.

1 Terminada, como foi dito, a obra das três igrejas, o bem-aventurado Francisco vestia ainda a roupa de um eremita daquele tempo, e, levando na mão um cajado, de pés calçados, andava cingido com uma correia.

2 Um dia, porém, ouvindo na celebração da missa as palavras que, no Evangelho, Cristo disse aos discípulos enviados a pregar, isto é, que não deviam possuir nem ouro nem prata nem levar alforje para o caminho nem sacola nem bastão ou pão, nem ter calçados nem duas túnicas (Jo 10,9-10; Mc 6,8-9);

3 compreendendo-as melhor explicadas com exatidão pelo próprio sacerdote, cheio de indizível alegria logo disse: “É isso que eu busco, é isso que desejo de todo o coração!”

4 Então, confiando à sua forte memória o que ouvira, tratou alegremente de cumpri-lo: depôs logo o que tinha em dobro e não usou mais bordão nem calçados nem sacola nem bolsa.

5 Fez uma túnica muito desprezível e grosseira, jogou a correia e cingiu-a com uma corda.