LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Juliano de Spira
  • Vida de São Francisco

TEXTO ORIGINAL

Vita Sancti Francisci - 41

Caput IX - De affectu ipsius ad omnes creaturas propter amorem Creatoris; et quantam reverentiam nomini Domini et verbis exhibuit; et de compassione pauperum.

41. 1 Tanta beati Francisci mentem divini amoris dulcedo repleverat, ut in omnibus opera Creatoris miranda considerans, maxima etiam erga cunctas afflueret pietatis teneritudine creaturas. 2 Inter alias tamen illas praecipue diligebat, quas, ut puta oviculas, simplicioris et mansuetioris naturae videbat, quarum etiam nominibus Christum ob aliquam similitudinem figurari in Scripturis audierat. 3 Nam tempore quodam per Marchiam Anconae cum fratre Paulo, quem ibidem ministrum constituerat (cfr. Act 26,16), transiens, quemdam hircorum et caprarum vidit in pascuis non modicum gregem, et unicam inter omnes iam dicti gregis pecudes oviculam depascentem. 4 Ad cuius intuitum graviter ingemiscens, dixit ad fratrem: “Nonne vides hanc solam oviculam inter hircos et capras simpliciter ambulantem? 5 Sic utique Dominus noster Iesus Christus innocens, mansuetus et humilis inter scribas et pharisaeos et sacerdotum principes ambulavit.6 Solvamus ergo, fili carissime, pretium, et educamus illam de medio (cfr. Ps 135,11)  gregis caprarum”.

TEXTO TRADUZIDO

Vida de São Francisco - 41

Capítulo IX - O afeto que, por amor ao Criador, tinha por todas as criaturas; quanto respeito mostrou pelo nome e pelas palavras do Senhor; sua compaixão pelos pobres. 

41. 1 A doçura do amor de Deus enchera tanto a mente do bem-aventurado Francisco que, vendo em tudo a obra admirá­vel do Criador, dedicava a todas as criaturas uma afetuosa ternu­ra. 2 Entre as outras, porém, amava especialmente as ovelhinhas, porque via que eram de uma natureza mais simples e mansa e porque soubera que, por seu nome e por causa de alguma semelhança, na Sagrada Escritura elas são figura de Cristo. 3 Pois, certa ocasião, passando pela Marca de Ancona em companhia de Frei Paulo, que aí constituíra ministro (At 26,16), viu um grande rebanho de bodes e de cabras pastando num cam­po e só uma ovelhinha pastando no meio de todas aqueles animais. 4 Ao vê-la, comoveu-se muito e disse ao irmão: “Vês aquela única ovelhinha andando entre os bodes e as cabras? 5 Foi assim que Nosso Senhor Jesus Cristo, inocente, manso e humilde andou no meio de escribas, fariseus e príncipes dos sacerdotes. 6 Por isso, filho caríssimo, paguemos o preço e tiremo-la do meio (Sl 135,11) do rebanho das cabras”.