LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Juliano de Spira
  • Vida de São Francisco

TEXTO ORIGINAL

Vita Sancti Francisci - 76

76. 1 Translatum est igitur corpus sanctissimum ad eamdem constructam foris prope muros civitatis ecclesiam, sabbato, kalendarum iunii die octavo, cum tanto videlicet apparatu solemni, qui brevi sermone describi non posset; 2 tantaque, quae ad ipsius translationis festa confluxerat, multitudine populi, ut, civitate illum capere non valente, gregum more turmatim circumquaque per campos accumberet. 3 Porro, sicuti gloriosus hic sanctus multis in vita claruerat miraculorum prodigiis, sic et a die transitus sui usque in praesens ad ipsius patrocinia, non solum in loco ubi pretiosus ossium suorum thesaurus reconditur, verum etiam quacumque parte terrarum pie et fideliter implorata, innumeris miraculis coruscare se gaudet Ecclesia.4 Nam caecis et surdis, mutis et claudis, hydropicis et paralyticis, daemoniacis et leprosis, naufragis et captivis, omnium ipsius meritis aegritudinum, necessitatum seu periculorum remedia conferuntur. 5 Sed et multi mirifice mortui suscitantur, operante haec omnia virtutis Altissimi (cfr. Luc 1,35) magnificentia, cui soli est omnis honor et gloria per infinita saeculorum saecula. Amen (cfr. 1Tim 1,17; Rom 16,27).

TEXTO TRADUZIDO

Vida de São Francisco - 76

76. 1 O corpo santíssimo foi transportado para a igreja construída lá fora, junto aos muros da cidade no sábado, dia 24 de maio, com tão grande solenidade que não se pode narrar numa descri­ção breve. 2 Para a festa da transladação acorreu tão grande multidão de povo que, como a cidade não conseguiu acolhê-la, acomodou-se como os rebanhos, em grupos, pelos campos em toda a redondeza. 3 Afinal, como este glorioso santo brilhara por muitos prodígios milagres durante a vida, da mesma forma, desde o dia de sua morte até o presente, a Igreja se alegra porque brilha pelos inúmeros milagres que acontecem não só no lugar onde se guarda o tesouro precioso de seus ossos, mas também em todas as partes do mundo onde a sua intercessão é invocada com devoção e confiança. 4 Pois cegos e surdos, mudos e coxos, hidrópicos e paralíticos, ende­moninhados e leprosos, náufragos e prisioneiros, por seus méritos encontram remédio para todas as doenças, necessidades ou perigos. 5 E até muitos mortos ressuscitam miraculosamente, por força do Altíssimo (Lc 1,35), que opera todas estas maravilhas, ao qual somente se deve toda a honra e a glória pelos infinitos séculos dos séculos. Amém (1Tm 1,17; Rm 16,27).