LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Legenda dos Três Companheiros

TEXTO ORIGINAL

Legenda Trium Sociorum - 4

Caput II - Qualiter captivatus fuit Perusli, et de duabus visionibus quas habuit volens fieri miles. 

4. 
1 Quodam tempore, guerra inter Perusium et Assisium existente, captus est Franciscus cum multis suis concivibus et Perusii captivatus, tamen, quia nobilis erat moribus, cum militibus captivus est positus. 
2 Cum autem quadam die concaptivi sui tristarentur, ipse, qui naturaliter erat hilaris et iocundus, non videbatur tristari sed quodammodo iocundari. 
3 Propter quod unus de sociis reprehendit eum tanquam insanum, quia scilicet laetabatur in carcere constitutus. 
4 Ad quod Franciscus viva voce respondit: “Quid putatis de me? Adhuc adorabor per totum mundum”. 
5 Cumque unus de nilitibus quibus erat adiunctus uni de concaptivis iniuriam intulisset et ob hoc omnes alii vellent illum deserere, solus Franciscus ei societatem non denegat, sed et alios hortatur ad idem. 
6 Expleto autem anno, reformata pace inter civitates praedictas, Franciscus cum suis concaptivis Assisium est reversus.

TEXTO TRADUZIDO

Legenda dos Três Companheiros - 4

Capítulo 2 -- Como foi preso em Perusa e das duas visões que teve quando quis ser cavaleiro.

4. 
1 Em certa ocasião, havendo uma guerra entre Perusa e Assis, Francisco com muitos de seus concidadãos foi preso em Perusa; mas como era nobre em costumes, foi colocado como prisioneiro entre os cavaleiros. 
2 Certo dia, estando tristes seus companheiros de cativeiro, ele, brincalhão e jovial por natureza, não parecia estar triste mas, de certa forma, alegre. 
3 Por isso, um dos companheiros repreendeu-o como louco, porque se alegrava estando na cadeia. 
4 Francisco respondeu vivaz: “Que pensas de mim? Ainda serei venerado pelo mundo inteiro”. 
5 Como um dos soldados tivesse injuriado a um companheiro e todos queriam isolá-lo por causa disso, só Francisco não lhe negou a amizade mas exortou aos outros a fazerem o mesmo. 
6 Passado um ano, restabelecida a paz entre as duas cidades, Francisco voltou com seus companheiros para Assis.