LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Legenda dos Três Companheiros

TEXTO ORIGINAL

Legenda Trium Sociorum - 26

26. 
1 Sicut autem ipse postmodum testatus est, huiusmodi salutationem Domino revelante didicerat, videlicet: “Dominus det tibi pacem (Num 6,26; 2The 3,16)!” 
2 Et ideo in omni praedicatione sua, pacem annuntians populum in praedicationis exordio salutabat. 
3 Et mirum certe, nec sine miraculo admittendum, quod ad hanc salutationem annunciandam, ante suam conversionem habuerat quemdam praecursorem qui frequenter iverat per Assisium salutando in hunc modum: “Pax et bonum! pax et bonum (cfr. Is 52,7)!”. 
4 De quo creditum est firmiter quod sicut Iohannes Christum praenuntians Christo incipiente praedicare defecit, ita et iste velut alter Iohannes beatum Franciscum praecessit in annuntiatione pacis qui etiam post adventum ipsius non comparuit sicut prius. 
5 Subito ergo, vir Dei Franciscus, spiritu prophetarum perfusus iuxta sermonem propheticum, statim post dictum suum praeconem annuntiabat pacem, praedicabat salutem (cfr. Is 52,7), eiusque salutaribus monitis plurimi verae paci foederabantur qui discordes a Christo extiterant a salute longinqui.

TEXTO TRADUZIDO

Legenda dos Três Companheiros - 26

26. 
1 Como ele mesmo mais tarde atestou, por revelação divina, havia aprendido esta saudação: “O Senhor te dê a paz”. 
2 Por isso, no início de qualquer pregação sua, saudava o povo anunciando a paz. 
3 E é certamente admirável, para admitir como milagroso, que antes de sua conversão tinha tido um precursor no anúncio dessa saudação, que andara freqüentemente por Assis saudando deste modo: “Paz e Bem! Paz e Bem!" 
4 Por isso se acreditou com firmeza que como João, prenunciando Cristo, parou quando Cristo começou a anunciar, assim esse homem, como um outro João precedeu o bem-aventurado Francisco na anunciação da paz e depois de sua vinda não compareceu mais como antes. 
5 Pois, de repente, Francisco, o homem de Deus, penetrado do espírito dos profetas de acordo com a palavra profética, logo depois daquele seu precônio, anunciava a paz, pregava a salvação, e com as suas salutares admoestações, muitos daqueles que tinham discordado de Cristo e estavam longe da salvação uniam-se na verdadeira paz.