LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Legenda dos Três Companheiros

TEXTO ORIGINAL

Legenda Trium Sociorum - 72

72. 
1 Ipse summus pontifex dictum sanctum quem viventem summe dilexerat, non solum canonisando mirifice honoravit, verum etiam ecclesiam in honore eius constructam, in cuius fundamento ipse dominus papa primum lapidem posuit, sacris ditavit muneribus et pretiosissimis ornamentis. 
2 Ad quam, post duos annos a sua canonisatione, sacrosanctum corpus eius de loco ubi prius sepultum fuerat honorifice est translatum. 
3 Misit enim ad ipsam ecclesiam crucem auream lapidibus pretiosis ornatam in qua erat lignum crucis dominicae inclusum, atque ornamenta et vasa et plurima ad altaris ministerium pertinentia cum multis pretiosis et solemnibus indumentis. 
4 Quam quidem ecclesiam ab omni iurisdictione inferiori eximens, auctoritate apostolica ipsam caput et matrem totius ordinis fratrum minorum instituit, ut patet in privilegio publico et bullato in quo cardinales communiter subscripserunt.

TEXTO TRADUZIDO

Legenda dos Três Companheiros - 72

72. 
1 O próprio Sumo Pontífice honrou mirificamente o santo a quem havia sumamente amado em vida, não só canonizando-o, mas também pela igreja construída em sua honra, em cujo alicerce o próprio senhor Papa pôs a primeira pedra, e enriqueceu-a com presentes e preciosíssimos ornamentos. 
2 Dois anos após a canonização, o sacrossanto corpo foi transladado, com grande honra, do lugar onde antes havia sido sepultado para esta igreja. 
3 Pois o papa enviou a essa igreja uma cruz de ouro, ornada com pedras preciosas, na qual estava embutido o lenho da cruz do Senhor, e ornamentos e vasas muitos destinados ao ministério do altar, com muitos paramentos preciosos e solenes. 
4 Isentou igualmente esta igreja de qualquer jurisdição inferior, constituindo-a, por sua autoridade apostólica, como cabeça e mãe de toda a Ordem dos Frades Menores, como aparece evidente no privilégio público confirmado em bula que todos os cardeais, de comum acordo, subscreveram.