LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Anonimo Perusino - 8

    8

    1 Quo audito pater ipsum carnaliter diligens et dictam sitiens pecuniam, in ipsum saevire coepit, et lacessens Franciscum diversis improperüs ab eo pecuniam postulabat.

    2 Qui coram Episcopo Assisino pecuniam ipsam et vestimenta quibus tegebatur—nudus sub pelle dicti Episcopi, qui ipsum amplexatus est nudum, remanens—patri alacriter resignavit.

    3 Quem rebus iam vacuum temporalibus, indutum veste vilissima et despecta, revertentem ad dictam Ecclesiam moraturum Dominus ditavit pauperem et despectum; 4 replens eum Spiritu suo sancto, posuit in ore eius verbum vitae, ut praedicaret et annuntiaret inter gentes iudicium et misericordiam, poenam et gloriam, et ut mandata Dei quae oblivioni tradiderant ad memoriam revocarent. 5 Constituit, eum Dominusprincipem super multitudinem gentium (cfr. Gen 17,4; 45,8)quam per ipsum Deus de universo mundo congregavit in unum.

    6 Duxit illum Dominus per viam rectam (cfr.  Sap 10,10) et artam, quoniam non aurum, non argentum,non pecuniam, non aliquam rem voluit possidere (cfr.  Mat 10,9)7 sed in humilitate, paupertate et simplicitate cordis sui Dominum est secutus.

    TEXTO TRADUZIDO

    Anônimo Perusino - 8

    8

    1 Quando ouviu isso, seu pai, amando-o carnalmente e desejando o referido dinheiro, começou a maltrata-lo e, cobrindo Francisco de muitos impropérios, pedia-lhe o dinheiro.

    2 Na presença do bispo de Assis, entregou alegremente ao pai o dinheiro e a roupa que vestia, ficando nu sob o manto do bispo, que o abraçou despido.

    3 Deus enriqueceu-o quando estava pobre e desprezado, já vazio de coisas temporais, vestido com uma roupa pobríssima e desprezível, ao voltar para morar na referida igreja; 4 enchendo-o do seu Espírito Santo e colocando-lhe na boca a palavra de vida, para que pregasse e anunciasse aos povos o juízo e a misericórdia, a pena e a glória, recordando-lhes os mandamentos de Deus, que tinham esquecido. 5“Deus o constituiu príncipe de uma multidão de povos” (Gn 17,4), que Deus reuniu através dele de todo o mundo.

    6 O Senhor o conduziu pelo caminho direito e estreito, pois não quis possuir ouro nem prata, nem dinheiro nem coisa nenhuma, 7 mas seguiu o Senhor em humildade, pobreza e simplicidade de coração.