LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Prima Vita (1Cel) - 30

    30. 
    1 Tunc frater Bernardus cum fratre Aegidio versus Sanctum Iacobum iter arripuit, sanctus Franciscus vero cum uno socio alia mundi elegit partem, reliqui quatuor incedentes bini partes reliquas tenuerunt. 
    2 Sed modico tempore iam elapso, sanctus Franciscus eos omnes videre desiderans, orabat Dominum (cfr. Ex 8,30), qui congregat dispersos Israel (cfr. Ps 146,2), ut eos congregare in brevi misericorditer dignaretur. 
    3 Sicque factum est, ut in modico, secundum desiderium suum, absque humana vocatione, gratias agentes Deo (cfr. Col 3,17) pariter convenirent. 
    4 Convenientibus vero in unum (cfr. 1Cor 11,20), de visione pii pastoris magna gaudia celebrant et se sic uno convenisse desiderio admirantur. 
    5 Referunt deinde bona quae misericors Dominus (cfr. Ps 114,5) fecerat eis, et si negligentes et ingrati aliquatenus exstitissent, correctionem et disciplinam a sancto patre humiliter petunt et diligenter suscipiunt. 
    6 Sic enim consueverant facere semper, cum veniebant ad eum, nec ab eo cogitationem minimam vel primos etiam motus animi occultabant, et cum omnia implevissent, quae ipsis praecepta erant, servos se inutiles (cfr. Luc 17,10) reputabant. 
    7 Sic enim totam illam primam beati Francisci scholam puritatis spiritus possidebat, ut cum utilia, sancta et iusta (cfr. Phip 4,8,9) operari sciret, de ipsis gaudere inaniter penitus ignoraret. 
    8 Beatus vero pater, nimia charitate filios suos amplectens, coepit eis suum aperire propositum et, quae sibi Dominus revelaverat, indicare.

    TEXTO TRADUZIDO

    Primeira Vida (1Cel) - 30

    30. 
    1 Frei Bernardo e Frei Egídio foram para São Tiago de Compostela. São Francisco e um companheiro escolheram outra região, e os outros quatro foram dois a dois para os lados que restaram. 
    2 Pouco tempo depois, São Francisco desejou revê-los e orou ao Senhor, que congrega os dispersos de Israel, que se dignasse reuni-los outra vez sem demora. 
    3 E assim sucedeu, conforme o seu desejo: bem depressa, sem que ninguém os chamasse, eles se encontraram, dando graças a Deus. 
    4 Reunidos, manifestaram sua grande alegria por rever o piedoso pastor e se admiraram de terem tido todos o mesmo desejo ao mesmo tempo. 
    5 Contaram depois as coisas boas que o misericordioso Senhor lhes tinha feito e pediram correção e castigo ao santo pai pelas negligências e ingratidões que pudessem ter cometido, cumprindo-os diligentemente. 
    6 Era isso que costumavam fazer todas as vezes que chegavam a ele, e não lhe ocultavam o menor pensamento e até os impulsos das paixões. Mesmo tendo cumprido tudo que lhes fora ordenado, ainda se achavam servos inúteis. 
    7 Essa primeira escola de São Francisco tinha tal pureza de coração que, embora soubessem fazer coisas úteis, santas e justas, não sabiam absolutamente vangloriar-se por causa disso. 
    8 Mas o santo pai, abraçando seus filhos com muita caridade, começou a manifestar-lhes seus projetos e o que o Senhor lhe havia revelado.