LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Primeira Vida (1Cel)

TEXTO ORIGINAL

Prima Vita (1Cel) - 50

50. 
1 Caeterum cum die quadam beatus pater in cellula esset orans, et dictus frater solita cogitatione turbatus venisset ad locum, sanctus Dei (cfr. Luc 4,34) et adventum eius cognovit et quod volvebat animo intellexit. 
2 Statim proinde fecit eum ad se vocari, et dixit ad eum: “Nulla te conturbet tentatio, fili, nulla cogitatio exacerbet, quoniam carissimus mihi es, et inter praeci-pue mihi caros mea dilectione ac familiaritate dignum te noveris. 
3 Securus ad me intra, quando volueris, et de familiaritate sume facundiam”. 
4 Miratus est frater dictus admiratione permaxima, et exinde reverentior factus, quantum crevit in gratia sancti patris tantum coepit in Dei misericordia fiducialius dilatari. 
5 Quam aegre, pater sancte, tuam debent absentiam ferre qui omnino desperant in terris ultra tui similem invenire. 
6 Iuva, quaesumus, intercessione, quos obvolutos cernis noxia labe peccati. 
7 Cum esses omnium iustorum spiritu iam repletus, futura praevidens et praesentia sciens, ut omnem iactantantiam fugeres, sanctae simplicitatis semper imaginem praeferebas. 
8 Sed ad superiora recurramus, historiae ordinem requirentes.

TEXTO TRADUZIDO

Primeira Vida (1Cel) - 50

50. 
1 Um dia, quando o santo pai estava rezando em sua cela e o referido frade apareceu por ali, perturbado pelo pensamento de sempre, o santo de Deus teve conhecimento tanto de sua chegada como de sua preocupação. 
2 Imediatamente mandou chamá-lo e lhe disse: “Filho, não te deixes perturbar por nenhuma tentação. Nenhum pensamento te angustie. Eu gosto muito de ti, e podes ficar sabendo que estás entre os que mais estimo e és digno de minha amizade. 
3 Podes vir aqui quando quiseres, e falar comigo com toda a confiança”.                                                                       4 O frade ficou admiradíssimo e aumentou sua veneração: começou a crescer com confiança ainda maior na misericórdia de Deus na medida em que cresceu na amizade do santo pai. 
5 Como deve ser duro suportar tua ausência, pai santo, por quem já desanimou de encontrar outro igual a ti nesta terra! 
6 Rogamos que ajudes com tua intercessão os que vês envolvidos nos laços do pecado. 
7 Estavas cheio do espírito de todos os justos, previas o futuro e conhecias o presente. Apesar disso, sempre te destacavas pela simplicidade, para fugir da vanglória. 
8 Mas, voltemos atrás, para retomar a ordem histórica.