LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Prima Vita (1Cel) - 54

    54. 
    1 Nam ut se perfecte contemptibilem demonstraret et verae confessionis exemplum caeteris exhiberet, cum in aliquo delinquebat, non erubescebat illud in praedicatione coram omni populo confiteri. 
    2 Imo si forte sinistra cogitatione de aliquo tangeretur, vel casu quoddam invectionis emitteret verbum, statim cum omni humilitate illimet, de quo sinistrum quidpiam cogitaverat vel dixerat, peccatum confitens, ab eo veniam postulabat. 
    3 Totius innocentiae conscientia testis non sinebat eum quiescere, omni sollicitudine (cfr. 2Cor 8,7) se custodiens, donec vulnus mentis mulcendo sanaret. 
    4 In omni certe genere notabilium proficere, non prospici cupiebat, modis omnibus fugiens admirationem, ne umquam incurreret vanitatem. 
    5 Heu nobis, qui sic te amisimus, digne pater, totius beneficientiae ac humilitatis exemplar: iusto quippe iudicio (cfr. Deut 16,18) amisimus, quem habentes cognoscere non curavimus!

    TEXTO TRADUZIDO

    Primeira Vida (1Cel) - 54

    54. 
    1 Para mostrar quanto era desprezível e para dar aos outros um exemplo de confissão sincera, quando cometia alguma falta, não se envergonhava de confessá-la na pregação, diante de todo o povo. 
    2 Até mais: se tinha algum pensamento desfavorável sobre alguém, ou por acaso tivesse dito alguma palavra mais dura, confessava na mesma hora e humildemente o pecado à própria pessoa de quem tinha pensado ou dito mal, e lhe pedia perdão. 
    3 Mesmo que não pudesse fazer a si mesmo nenhuma censura, pela solicitude com que se guardava, sua consciência não lhe dava descanso enquanto não conseguia curar com bondade a ferida espiritual. 
    4 Gostava de progredir em todo tipo de empreendimentos, mas não queria aparecer, fugindo à admiração por todos os meios, para não cair na vaidade. 
    5 Pobres de nós, que te perdemos, pai digno e exemplo de toda bondade e humildade. Foi merecidamente que te perdemos, porque quando te possuíamos não nos preocupamos em te conhecer!