LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Primeira Vida (1Cel)

TEXTO ORIGINAL

Prima Vita (1Cel) - 68

Caput XXV - Quomodo fratrem unum a caduco morbo seu a daemonio liberavit, et quomodo apud Sancti Gemini castrum daemoniacam liberavit.

68. 
1 Frater unus infirmitatem maximam et horribilem visu patiebatur frequenter, quam quo nomine censeam nescio, cum quidam malignum fuisse diabolum opinentur. 
2 Nam totus saepe allidebatur et, miserabili aspectu respiciens, volutabatur spumans (cfr. Mar 9,19); nunc membra illius contrahebantur, nunc extendebantur, nunc plicata et torta, nunc rigida efficiebantur et dura. 
3 Quandoque totus extensus et rigidus, pedibus aequatis capiti, elevabatur in altum, quantum viri statura est, et subito resiliebat ad terram. 
4 Cuius languorem gravissimum sanctus pater Franciscus miseratus, ivit ad eum et, facta oratione, signavit eum ac benedixit. 
5 Qui subito sanus effectus, infirmitatis huius molestias aliquas minime postmodum toleravit.

TEXTO TRADUZIDO

Primeira Vida (1Cel) - 68

Capítulo 25 - Como livrou um irmão de uma doença epilética ou de um demônio, e como libertou uma endemoninhada em San Gemini.

68. 
1 Um irmão padecia freqüentemente de uma doença muito grave e horrível de se ver, cujo nome não sei, pois alguns atribuíam ao demônio. 
2 Muitas vezes se debatia todo e ficava com um aspecto miserável, revirando-se e espumando. Seus membros se contraíam e se estendiam, dobravam-se entortados ou ficavam rijos e duros. 
3 As vezes ficava estendido e rígido, juntava os pés e a cabeça, elevava-se no alto até a altura de um homem e de repente caía por terra. 
4 Com pena de seu grande sofrimento, São Francisco foi visitá-lo, rezou, fez o sinal da cruz sobre ele e o abençoou. 
5 Ficou imediatamente curado e nunca mais teve os sintomas dessa doença.