LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Prima Vita (1Cel) - 88

    OPUSCULUM SECUNDUM

    Incipit secundum opusculum de vita duorum annorum tantum, et de felici obitu beatissimi patris nostri Francisci.

    Caput I - De tenore huius opuscoli, de tempore quo S. Franciscus feliciter obiit, et de profectibus ipsius.

    88. 

    1 Superiore quidem tractatu, quem gratia Salvatoris congruo fine conclusimus, vitam et actus beatissimi patris nostri Francisci usque ad octavum decimum conversionis suae annum enarrando utcumque conscripsimus. 
    2 Reliqua vero gesta ipsius a paenultimo vitae suae anno, prout potuimus recte scire, huic opusculo breviter adnectemus, et ea sola, quae necessario magis occurrunt, ad praesens intendimus adnotare, ut qui plus his dicere cupiunt, quid addant semper valeant invenire. 
    3 Anno siquidem Dominicae Incarnationis millesimo ducentesimo vicesimo sexto, quarta decima indictione, quarto nonas Octobris, die dominico, beatissimus pater noster Franciscus in civitate Assisii, de qua ortus est, apud Sanctam Mariam de Portiuncula, ubi ordinem fratrum Minorum ipse primo plantavit, expletis viginti annis ex quo perfectissime adhaesit Christo, Apostolorum vitam et vestigia sequens (cfr. 1Pet 2,21), egressus de carnis ergastulo, ad caelestium spirituum mansione, perfecte quae coepit consummans, felicissime convolavit. 
    4 Cum hymnis et laudibus in ea civitate sacrum et sanctum corpus ipsius collocatum est et honorifice reconditum, ubi ad gloriam Omnipotentis multis coruscat miraculis. Amen.

    TEXTO TRADUZIDO

    Primeira Vida (1Cel) - 88

    SEGUNDO LIVRO

    Começa o segundo livro, que narra apenas os dois últimos anos e a morte feliz de nosso bem-aventurado pai Francisco.

    Capítulo 1 - Do teor desta parte, da morte ditosa de São Francisco e de seus proveitos

    88. 

    1 Na primeira parte de nossa obra, que com a graça de Deus levamos a bom termo, escrevemos tudo que pudemos para narrar a vida e os atos de nosso bem-aventurado pai São Francisco até o décimo oitavo ano de sua conversão. 
    2 Nesta parte, consignaremos com brevidade os outros fatos dos últimos dois anos de sua vida, conforme nos foi possível averiguar. Queremos anotar só os pontos mais necessários, para que os outros que desejem contar alguma coisa tenham sempre a possibilidade de fazê-lo. 
    3 No ano de 1226 da Encarnação do Senhor, na indicção XIV, domingo, dia 4 de outubro, em Assis, sua terra, e na Porciúncula, onde fundara a Ordem dos Frades Menores, tendo completado vinte anos de perfeita adesão a Cristo e de seguimento da vida apostólica, nosso bem aventurado pai Francisco saiu do cárcere do corpo e voou todo feliz para as habitações dos espíritos celestiais, terminando com perfeição o que tinha empreendido. 
    4 Seu santo corpo foi exposto e reverentemente sepultado com hinos de louvor nessa mesma cidade, onde brilha em seus milagres para a glória do Todo-Poderoso. Amém.