LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Primeira Vida (1Cel)

TEXTO ORIGINAL

Prima Vita (1Cel) - 99

Caput V - Qualiter apud Reatum civitatem receptus fuit a domino Hugone Ostiensi episcopo, et quomodo santus eum pronuntiabat futurum episcopum totius mundi.

99. 
1 Factum est autem, cum plures accederent suis eum medicaminibus adiuvare, non invento remedio, accessit ad civitatem Reatinam, in qua illius infirmitatis curandae morari vir peritissimus dicebatur. 
2 Perveniente igitur eo ibidem, benigne satis et honorifice susceptus est a tota Romana curia, quae in eadem civitate tunc temporis morabatur praecipue tamen a domino Hugone episcopo Ostiensi, devotissime susceptus est, qui morum honestate ac sanctitate vitae maxime perfulgebat. 
3 Hunc vero beatus Franciscus patrem et dominum elegerat super universam religionem et ordinem fratrum suorum, ex assensu et voluntate domini Honorii papae, eo quod illi beatae paupertas multum placebat, et sancta simplicitas in maxima reverentia exsistebat. 
4 Conformabat se dominus ille moribus fratrum, et in desiderio sanctitatis cum simplicibus erat simplex, cum humilibus erat humilis, cum pauperibus erat pauper. 
5 Erat frater inter fratres, inter minores minimus, et velut unus caeterorum, in quantum licitum erat, in vita et moribus gerere se studebat. 
6 Sollicitus erat ubique sacram religionem plantare, et in remotis partibus clara fama clarioris vitae ipsius ordinem plurimum ampliabat. 
7 Dedit illi Dominus linguam eruditam (cfr. Is 50,4), in qua confundebat adversarios veritatis, in qua refellebat inimicos crucis Christi (cfr. Phip 3,18), in qua reducebat errantes (cfr. Deut 22,1) ad viam, in qua discordes pacificabat et concordes fortiore charitatis vinculo (cfr. Os 11,4) colligabat. 
8 Erat in Ecclesia Dei lucerna ardens et lucens, et sagitta electa (cfr. Ioa 5,35; Is 49,2), parata in tempore opportuno (cfr. Luc 14,22). 
9 O quoties, depositis pretiosis vestibus, vilibus indutus, discalceatis pedibus, quasi unus e fratribus incedens, rogabat ea quae ad pacem sunt (cfr. Luc 14,22)! 
10 Hoc inter virum et proximum (cfr. Ier 7.5) suum, quoties opportebat, hoc inter Deum et hominem, semper sollicite faciebat. 
11 Propterea paulo post elegit eum (cfr. Sir 45,4) Deus pastorem in universa Ecclesia (cfr. Act 5,11) sua sancta, et exaltavit caput eius in tribubus populorum (cfr. Ps 109,7; Apoc 13,7).

TEXTO TRADUZIDO

Primeira Vida (1Cel) - 99

Capítulo 5 - Como foi recebido em Rieti pelo senhor Hugolino, bispo de Óstia, e como o santo prenunciou que ele seria o bispo de todo o mundo.

99. 
1 Não conseguiu alívio, apesar de serem muitos os que lhe levaram medicamentos para ajudá-lo, e foi para Rieti, onde constava haver alguém muito capaz de curar aquela doença. 
2 Ao chegar, foi muito bem recebido, com toda a honra, pela Cúria Romana, que estava na cidade nesse tempo, mas especialmente por Hugolino, bispo de Óstia, famoso por sua honradez e santidade. 
3 Ele já tinha sido escolhido por São Francisco como pai e senhor de toda a Ordem dos seus irmãos, com o consentimento e por vontade do Papa Honório, porque gostava muito da santa pobreza e tinha uma reverência especial pela santa simplicidade. 
4 Conformava-se em tudo com os costumes dos frades e, desejando ser santo, era simples com os simples, humilde com os humildes e pobre com os pobres. 
5 Era um irmão entre os irmãos, o menor entre os menores, e procurava ser quanto possível como um dos demais na maneira de viver e de agir. 
6 Estava muito empenhado na difusão da Ordem e, com a sua reputação de santo, conseguiu estendê-la aos lugares mais longínquos. 
7 Dera-lhe o Senhor uma língua erudita, com que confundia os adversários da verdade, refutava os inimigos da cruz de Cristo, reconduzia os transviados ao caminho, pacificava os que estavam em desavença e reforçava os laços da caridade entre os que se amavam.                                                                                                                                  8 Era na Igreja de Deus uma luz que arde e ilumina e uma seta escolhida, preparada para o tempo oportuno. 
9 Quantas vezes, deixando vestes preciosas, vestia-se como um pobre e andava descalço como um dos frades, pedindo que fizessem a paz! 
10 Fazia isso entre uma pessoa e outra sempre que era possível, ou entre Deus e os homens, e sempre com solicitude. 
11 Por isso, pouco depois Deus o escolheu para ser pastor em toda a sua santa Igreja, colocando-o acima de todos os povos.