LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Primeira Vida (1Cel)

TEXTO ORIGINAL

Prima Vita (1Cel) - 108

108. 
1 Enimvero cum videret sibi imminere diem extremum, quod etiam per revelationem divinam ante duobus annis ei fuerit indicatum, vocatis ad se fratribus quos volebat (cfr. Mar 3,13), unicuique, sicut ei desuper dabatur (cfr. Ioa 19,11), velut olim patriarcha Iacob suis filiis benedixit, immo velut alter Moyses ascensurus in montem quem constituit ei Deus (cfr. Deut 32,49), filios Israel benedictionibus ampliavit. 
2 Cumque a sinistris ipsius resideret frater Helias, circumsedentibus reliquis filiis, cancellatis manibus dexteram posuit super caput (cfr. Gen 48,14) eius, et exteriorum oculorum lumine privatus et usu: 
“Super quem”, inquit, “teneo dexteram meam?”. 
“Super fratrem Heliam”, inquiunt. 
3 “Et ego sic volo”, ait. “Te”, inquit, “fili, in omnibus et per omnia (cfr. Eph 4,6) benedico, et sicut in manibus tuis fratres meos et filios augmentavit Altissimus, ita et super te et in te omnibus benedico. 
4 In caelo et in terra benedicat te rex omnium Deus (cfr. Ps 112,6; Tob 9,9). 
5 Benedico te sicut possum et plus quam possum, et quod non possum ego, possit in te qui omnia potest. 
6 Recordetur Deus (cfr. Dan 14,37) operis et laboris tui, et in retributione iustorum (cfr. Heb 2,2) sors tua servetur. 
7 Omnem benedictionem, quam cupis, invenias, et quod digne postulas impleatur”. 
8 “Valete, filii omnes, in timore Dei (cfr. Sir 9,22), et permanete in ipso semper, quoniam futura est super vos tentatio maxima et tribulatio (cfr. Sir 27,6; Ps 21,12) appropinquat. 
9 Felices qui in his quae coeperunt perseverabunt (cfr. Mat 10,22), a quibus nonnullos futura scandala separabunt. 
10 Ego enim ad Dominum propero, et ad Deum meum, cui devote in spiritu meo servivi (cfr. Ps 29,9; Rom 1,9), iam ire confido”. 
11 Erat tunc temporis manens in palatio Assisinati episcopi, et propterea rogavit fratres, ut eum ad locum Sanctae Mariae de Portiuncula citissime transportarent.
12 Volebat enim ibi animam reddere Deo, ubi, sicut dictum est, primo perfecte viam veritatis (cfr. Ps 118,30) agnovit.

TEXTO TRADUZIDO

Primeira Vida (1Cel) - 108

108. 
1 Vendo aproximar-se o último dia, que inclusive já lhe fora revelado divinamente dois anos antes, chamou os frades que quis, abençoou a cada um conforme lhe foi inspirado pelo céu, como outrora o patriarca Jacó com seus filhos, e mesmo como um outro Moisés antes de subir ao monte que Deus lhe havia indicado, cumulou de bênçãos os filhos de Israel. 
2 Frei Elias estava à sua esquerda e os outros filhos sentados ao redor. O santo cruzou os braços e pôs a mão direita sobre a cabeça dele. Privado como estava da luz e do uso dos olhos do corpo, perguntou: - “Sobre quem coloquei minha mão direita?” “Sobre Frei Elias”, responderam. 
3 “É isso que eu quero”, disse. “Eu te abençôo, meu filho, em tudo e por tudo, e como o Senhor em tuas mãos aumentou os meus irmãos e filhos, assim sobre ti e em ti a todos eu abençôo. 
4 No céu e na terra te abençoe Deus, Rei do Universo. 
5 Abençôo-te como eu posso, mais do que eu posso, e, o que eu não posso, que possa em teu benefício aquele que pode tudo. 
6 Lembre-se Deus de tua ação e dos teus trabalhos, e reserve o teu lugar na retribuição dos justos. 
7 Que tenhas toda bênção que desejas e alcances tudo que pedires com justiça”. 
8 “Adeus, meus filhos, vivei sempre no temor do Senhor, porque as maiores provações vos ameaçam e a tribulação está às portas. 
9 Felizes os que perseverarem no que empreenderam, porque os escândalos que estão para vir vão afastar alguns do seu meio. 
10 Eu me apresso a ir para a casa do Senhor, para o meu Deus vou com confiança, porque o servi com devoção”. 
11 Como estivesse hospedado no palácio do bispo de Assis, pediu aos frades que o levassem o mais depressa possível para Santa Maria da Porciúncula.                                                                                                                            12 Queria entregar sua alma a Deus naquele lugar em que, como dissemos, começou a entender com perfeição o caminho da verdade.