LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Primeira Vida (1Cel)

TEXTO ORIGINAL

Prima Vita (1Cel) - 123

123. 
1 Properat iam, properat Assisium, ubi sibi gloriosum depositum conservatur, ut in eo passio universa et tribulatio ingruens exturbetur. 
2 Ad eius ingressum tota iubilat regio, civitas exsultatione repletur (cfr. Ps 125,2), populorum turba magna gaudia celebrat, et luminosa dies novis luminaribus inclarescit. 
3 In eius occursum (cfr. 4Re 4,26) omnis homo procedit, et solemnes excubiae ab omnibus exsolvuntur. 
4 Egreditur obviam ei pauperum fratrum pia societas, et unusquisque christo Domini (cfr. 1Re 24,11) dulcia cantica promit. 
5 Applicat ad locum Christi vicarius, et in primo descensu sepulcrum sancti Francisci reverenter alacriterque salutat. 
6 Ingeminat suspiria, pectus tundit, lacrimas fundit, et uberiore devotione reverendum caput inclinat. 
7 Fit interea de sancti canonizatione solemnis collatio, et super huiusmodi negotio egregia cardinalium concio saepius convocatur. 
8 Concurrunt undique multi, qui per sanctum Dei fuerant a suis cladibus liberati, et miraculorum maxima multitudo hinc inde coruscat: approbantur, verificantur, audiuntur, recipiuntur. 
9 Urget interim officiosa necessitas, nova imminet causa, Perusium it papa beatus, ut superabundanti et singulari gratia (cfr. Rom 5,20) pro summo negotio iterum Assisium revertatur. 
10 Convenitur denique Perusii rursum, et super hanc causam in camera domini papae venerabilium cardinalium celebratur sacer conventus. 
11 Concordant pariter, et dicunt idipsum omnes; miracula legunt et plurimum venerantur, summisque praeconiis vitam beati patris et conversationem extollunt.

TEXTO TRADUZIDO

Primeira Vida (1Cel) - 123

123. 
1 Mas tem pressa de chegar a Assis, onde está o tesouro para ele precioso, onde espera livrar-se dos sofrimentos e desgraças que o ameaçam. 
2 Sua chegada foi um júbilo para toda a região. Exultou a cidade, festejaram as multidões, e o dia claro ficou ainda mais luminoso com a presença dos ilustres visitantes. 
3 Foram todos ao seu encontro em solene cortejo. 
4 Veio também o grupo piedoso dos pobres frades, e todos entoavam belos cânticos para o ungido do Senhor. 
5 Assim que chegou, o Vigário de Cristo foi saudar com alegre reverência o sepulcro de São Francisco. 
6 Suspirou, bateu no peito, chorou e inclinou sua cabeça veneranda com a maior devoção. 
7 Cuidou-se então solenemente da canonização do santo, e começou a haver muitas reuniões de uma ilustre comissão de cardeais para tratar do assunto. 
8 Vieram de toda parte muitas pessoas que tinham sido livradas de seus achaques pelo santo, e uma multidão enorme de milagres começou a brilhar: foram todos examinados, discutidos, acolhidos e aprovados. 
9 Nesse ínterim, os negócios reclamam a presença do Papa em Perusa, mas ele volta a Assis com maior e especial benevolência por tão importante causa. 
10 Tem que ir outra vez a Perusa, onde se realiza uma reunião dos cardeais em seus aposentos. 
11 Todos estão unanimente de acordo. 
12 Lêem os milagres e sua veneração aumenta. Enaltecem a vida e a conversão do bem-aventurado pai com os maiores elogios.