LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • São Boaventura
  • Legenda Maior

TEXTO ORIGINAL

Legenda Maior - Prologus 2


1 Hunc Dei nuntium amabilem Christo, imitabilem nobis et admirabilem mundo servum Dei fuisse Franciscum, indubitabili fide colligimus, si culmen in eo eximiae sanctitatis advertimus, qua, inter homines vivens, imitator fuit puritatis angelicae, qua et positus est perfectis Christi sectatoribus exemplum. 
2 Ad quod quidem fideliter sentiendum et pie, non solum inducit officium quod habuit, vocandi ad fletum et planctum, calvitium et cingulum sacci signandique Thau super frontes virorum gementium et dolentium (cfr. Is 22,12; Ez 9,4) signo poenitentialis crucis et habitus cruci conformis; 
3 verum etiam irrefragabili veritatis testificatione confirmat signaculum similitudinis (cfr. Ez 28,12) Dei viventis, Christi videlicet crucifixi (cfr. 1Cor 2,2), 
4 quod in corpore ipsius fuit impressum, non per naturae virtutem vel ingenium artis, sed potius per admirandam potentiam Spiritus Dei vivi (cfr. 2Cor 3,3).

TEXTO TRADUZIDO

Legenda Maior - Prólogo 2


1 Concluímos com uma fé indubitável que esse mensageiro amável para Cristo, imitável por nós e admirável para o mundo foi o servo de Deus Francisco, se percebermos nele o ápice da exímia santidade, pela qual, vivendo entre os homens, foi imitador da pureza angélica, pelo que também foi colocado como exemplo para os seguidores perfeitos de Cristo. 
2 Para pensarmos isso com fidelidade e piedade, somos levados não só pelo ofício que teve, de chamar ao choro e ao pranto, à cabeça raspada e ao cíngulo de saco, e a marcar o Tau nas frontes dos homens que gemem e sofrem, o selo penitencial da cruz e o hábito conforme à cruz. 
3 Mas também pelo irrefragável testemunho da verdade, confirma-o o selo da semelhança do Deus vivo, isto é, de Cristo crucificado. 
4 Ele foi impresso em seu corpo não em virtude da natureza nem pela engenhosidade da arte, mas antes pelo admirável poder do Espírito do Deus vivo.