LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • São Boaventura
  • Legenda Maior

TEXTO ORIGINAL

Legenda Maior - V,10

10 
1 Alio enim tempore, apud eremum Sancti Urbani servo Dei aegritudine gravissima laborante, cum ipse naturae defectum sentiens, vini poculum postulasset, nihilque de vino, quod sibi dari posset, responderetur adesse, iussit aquam afferri et allatam signo crucis edito benedixit. 
2 Mox vinum efficitur optimum quod fuerat aqua pura, et quod deserti loci paupertas non potuit, viri sancti puritas impetravit. 
3 Ad eius gustum tanta protinus facilitate convaluit, ut saporis novitas et innovatio sanitatis, gustabile ac gustantem supernaturaliter innovantes, perfectam in ipso exspoliationem veteris hominis et induitionem novi (cfr. Col 3,8.10) duplici attestatione firmarent.

TEXTO TRADUZIDO

Legenda Maior - V,10

10 
1 Em outra ocasião, no eremitéio de Santo Urbano, sofrendo o servo de Deus de uma doença muito grave, sentiu que lhe faltavam as forças e pediu um copo de vinho. Responderam-lhe que não havia nenhum vinho para lhe dar. Então mandou trazer água, e a abençoou fazendo um sinal da cruz. 
2 Na mesma hora o que era água pura transformou-se em ótimo vinho e o que a pobreza do lugar deserto não pôde foi obtido pela pureza do homem santo. 
3 Quando o provou, sarou depressa com tanta facilidade que a novidade do sabor e a renovação da saúde, transformando sobrenaturalmente o que se podia provar e quem o provou, confirmaram com duplo testemunho que, nele, despir o homem velho e vestir o novo eram coisas perfeitas.