LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Legenda Maior - XI,13

    13 
    1 Duo fratres venerunt aliquando de Terra Laboris, quorum antiquior nonnulla intulit scandala iuniori. 
    2 Cum autem pervenissent ad patrem, quaesivit ille a iuniore, qualiter erga ipsum se frater socius habuisset in via. 
    3 Quo respondente: ”Utique satis bene”, subiunxit: ”Cave, frater, ne sub humilitatis specie mentiaris. Scio enim, scio; sed exspecta modicum et videbis”. 
    4 Miratus est perplurimum frater, quomodo tam absentia per spiritum cognovisset. 
    5 Igitur non post multos dies (cfr. Luc 15,13), contempta religione, foras egreditur qui scandalum fecerat fratri, et a patre non petiverat veniam, nec correctionis debitam receperat disciplinam. 
    6 Simulque duo in una illius claruere ruina: aequitas scilicet divinae iustitiae et perspicacitas spiritus prophetiae.

    TEXTO TRADUZIDO

    Legenda Maior - XI,13

    13 
    1 Dois frades vieram uma vez da Terra di Lavoro, e o mais velho tinha dado alguns escândalos ao mais jovem. 
    2 Quando chegaram ao pai, ele perguntou ao mais jovem como o seu irmão companheiro se comportara com ele no caminho. 
    3 Ele respondeu: “Sim, bastante bem”, mas o homem de Deus acrescentou: “Cuidado, irmão, para não mentires com a desculpa da humildade. Pois eu sei. Mas espera um pouco e verás”. 
    4 O frade ficou muitíssimo admirado de como conhecia pelo espírito coisas tão ausentes. 
    5 Pois, não muitos dias depois, desprezando a religião, foi embora o que tinha causado escândalo ao frade. E não tinha pedido perdão ao pai nem recebera a devida correção e disciplina. 
    6 Na sua ruína, duas coisas se manifestaram: a equidade da justiça divina e a perspicácia do espírito de profecia.