LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Legenda Maior - XII,8

    8 
    1 Et quoniam sibi primo suaserat opere quod aliis suadebat sermone, reprehensorem non timens, veritatem fidentissime praedicabat. 
    2 Nesciebat aliquorum culpas palpare sed pungere, nec vitam fovere peccantium, sed aspera increpatione ferire. 
    3 Eadem mentis constantia magnis loquebatur et parvis eademque spiritus iucunditate paucis loquebatur et multis. 
    4 Omnis aetas omnisque sexus properabat virum novum mundo caelitus datum et cernere et audire. 
    5 Ipse vero per diversas regiones progrediens, evangelizabat ardenter, Domino cooperante et sermonem confirmante sequentibus signis (cfr. Mar 16,20). 
    6 In virtute namque nominis eius veritatis praeco Franciscus eiciebat demonia (cfr. Act 4,7; Mar 16,17), sanabat infirmos (cfr. Luc 9,2), 
    7 et quod maius est, sui sermonis efficacia obstinatorum mentes ad poenitentiam molliebat simulque sanitatem corporibus reddebat et cordibus, sicut aliqua comprobant operum eius, exempli gratia inferius adnotanda.

    TEXTO TRADUZIDO

    Legenda Maior - XII,8

    8 
    1 E porque primeiro tinha convencido a si mesmo por obra do que queria convencer os outros pela palavra, não temia quem o repreendesse e pregava a verdade com toda confiança. 
    2 Não sabia afagar as culpas de alguns mas puncioná-las, não animava a vida dos que pecavam mas feria-a com áspera repreensão. 
    3 Falava com a mesma convicção a grandes e pequenos; falava com a mesma alegria de espírito a poucos ou a muitos. 
    4 Todas as idades e ambos os sexos corriam para ver e ouvir o homem novo dado ao mundo pelo céu. 
    5 Mas ele, andando por diversas regiões, evangelizava com ardor, com o Senhor cooperando e confirmando sua palavra com sinais que a seguiam (cfr. Mr 16,20). 
    6 Pois na virtude do seu nome, Francisco, o pregoeiro da verdade, expulsava demônios, e curava doentes. 
    7 E o que é mais: pela eficácia de sua palavra, amolecia as mentes dos obstinados para a penitência e ao mesmo tempo devolvia a saúde aos corpos e aos corações, como o comprovam algumas de suas obras, por exemplo as que vamos anotar abaixo.