LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • São Boaventura
  • Legenda Maior

TEXTO ORIGINAL

Legenda Maior - XIII,9

9 
1 Eia nunc, strenuissime miles Christi, ipsius fer arma invictissimi Ducis, quibus munitus insigniter, omnes adversarios superabis! 
2 Fer vexillum Regis altissimi, ad cuius intuitum omnes pugnatores divini exercitus animentur! 
3 Fer nihilominus sigillum summi pontificis Christi, quo verba et facta tua tamquam irreprehensibilia (cfr. Tit 2,8) et authentica merito ab omnibus acceptentur! 
4 Iam enim propter stigmata Domini Iesu, quae in corpore tuo portas, nemo tibi debet esse molestus (cfr. Gal 6,17), quin potius quilibet Christi servus omni esse tenetur affectione devotus. 
5 Iam per haec signa certissima, non duobus aut tribus testibus ad sufficientiam, sed quem plurimis ad superabundantiam comprobata, testimonia Dei in te et per te credibilia facta nimis (cfr. Deut 19,15; Ps 92,5) omne tollunt infidelibus excusationis velamen, 
6 dum credentes in fide stabiliunt, spei fiducia sursum agunt et igne caritatis accendunt.

TEXTO TRADUZIDO

Legenda Maior - XIII,9

9 
1 Eia, pois, valentíssimo soldado de Cristo, empunha as armas do Comandante jamais vencido, pois munido com elas insignemente, vencerás todos os adversários! 
2 Carrega o estandarte do Rei altíssimo, para animar com sua visão todos os batalhadores do exército divino!
3 Carrega também o selo de Cristo, sumo pontífice, pelo qual tuas palavras e atos vão ser aceitados por todos como irrepreensíveis e autênticos! 
4 Pois agora, por causa dos estigmas do Senhor Jesus, que carregas em teu corpo, ninguém te deve ser molesto, antes todo servo de Cristo está obrigado a professar-te singular afeto e devoção. 
5 Esses sinais evidentíssimos, que foram comprovados justamente não por duas ou três testemunhas mas super abundamente por muitíssimas, fazem com que as manifestações de Deus em ti e por ti sejam tão dignas de crédito, que tiram aos incrédulos a mais leve desculpa, 
6 enquanto confirmam os crentes na fé, elevam a confiança na esperança e inflamam no fogo da caridade.