LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Legenda Maior - XIV,5

    5 
    1 Hora denique sui transitus propinquante, fecit omnes fratres exsistentes in loco ad se vocari, et eos consolatoriis verbis pro sua morte demulcens, paterno affectu ad divinum est hortatus amorem. 
    2 De patientia et paupertate et sanctae Romanae Ecclesiae fide servandis sermonem protraxit, ceteris institutis sanctum Evangelium anteponens. 
    3 Circumsedentibus vero omnibus fratribus, extendit super eos manus (cfr. Gen 48,14) in modum crucis brachiis cancellatis, pro eo quod hoc signum semper amabat, et omnibus fratribus, tam praesentibus quem absentibus, in Crucifixi virtute ac nomine benedixit. 
    4 Insuper et adiecit: ”Valete, filii omnes, in timore Domini et permanete (cfr. Tob 2,14) in eo semper. 
    5 Et quoniam futura tentatio et tribulatio (cfr. Sir 27,6) appropinquat, felices, qui perseverabunt (cfr. Mat 10,22) in his quae coeperunt. 
    6 Ego vero ad Deum propero, cuius gratiae vos omnes commendo”. 
    7 Suavi huiusmodi admonitione completa iussit vir Deo carissimus, Evangeliorum sibi codicem apportari et Evangelium secundum Ioannem, quod incipit ab eo foco: Ante diem festum Paschae (cfr. Ioa 13,1), sibi legi poposcit. 
    8 Ipse vero prout potuit in huius Psalmi vocem erupit: Voce mea ad Dominum clamavi, voce mea ad Dominum deprecatus sum, et ad finem usque complevit: Me, inquit, exspectant iusti, donec retribuas mihi (cfr. Ps 141,2-8).

    TEXTO TRADUZIDO

    Legenda Maior - XIV,5

    5 
    1 Pois quando se aproximou, finalmente a hora de sua passagem, mandou chamar todos os frades que estavam no lugar, e suavizando-os por sua morte com palavras de consolação, exortou-os com paterno afeto ao amor divino. 
    2 Estendeu sua alocução falando da paciência, da pobreza e da Santa Igreja Romana, que deviam ser observadas com fidelidade, e que o santo Evangelho devia ser anteposto a outras instituições. 
    3 Estendeu as mãos sobre todos os frades que estavam ao redor, fechando os braços em forma de cruz, porque sempre amava esse sinal, e abençoou a todos os frades, tanto presentes como ausentes, na virtude e no nome do Crucificado. 
    4 E ainda acrescentou: “Adeus, meus filhos todos, no temor do Senhor, e nele sempre permanecei. 
    5 E porque se aproximam no futuro a tentação e a tribulação, felizes os que perseverarem naquilo que começaram. 
    6 Eu me apresso para Deus, a cuja graça recomendo vós todos 
    7 Quando terminou essa suave admoestação, o caríssimo homem de Deus mandou que trouxessem um códice dos Evangelhos e pediu que lessem para ele o Evangelho segundo João, começando naquele lugar: Antes do dia da festa da Páscoa.... 
    8 Ele mesmo, soltou a voz, quanto pôde, nesse Salmo: Clamei ao Senhor com minha voz, com minha voz supliquei ao Senhor, e foi até o fim: Os justos estão me esperando até que me dês a recompensa (cfr. Ps 141,2-8).