LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Legenda Maior - Miraculis VI,4

    4 
    1 Apud Viterbium partui propinqua mulier morti propinquior censebatur, visceralibus tormentata doloribus et tota calamitosa infortuniis mulierum. 
    2 Cumque naturae succumbente virtute, omnis deficeret artis industria, invocato beati Francisci nomine, liberata confestim mulier, partum salubriter terminavit; 
    3 sed assecuta quod voluit et oblita beneficii, quod accepit honori Sancti non deferens, die natalis ipsius ad opera servilia (cfr. Lev 23,7) manus extendit (Prov 31,20). 
    4 Et ecce, subito dextrum brachium ad laborem extensum inflexibile remansit et aridum. 
    5 Quod cum studeret ad se revocare cum altero, ultione consimili et illud exaruit. 
    6 Timore igitur divino correpta, mulier redintegravit votum usumque membrorum, quem propter ingratitudinem amiserat et contemptum, per misericordis et humilis Sancti merita, cui se iterato devovit, recuperare promeruit.

    TEXTO TRADUZIDO

    Legenda Maior - Milagres VI,4

    4 
    1 Em Viterbo, uma mulher que estava próxima do parto parecia mais perto da morte, atormentada por dores nas entranhas e padecendo a calamidade dos infortúnios femininos. 
    2 Tendo sucumbido a força da natureza e sendo incapaz toda a arte da medicina, foi invocado o nome de São Francisco e a mulher ficou livre na mesma hora, terminando saudavelmente o parto. 
    3 Mas, tendo conseguido o que queria, esqueceu-se do benefício. Não rendeu ao santo a honra devida, dedicando-se a trabalhos servis no dia de sua festa. 
    4 E is que, de repente, seu braço direito, estendido para o trabalho, ficou duro e seco. 
    5 Quando quis puxá-lo com o outro, ele também secou pelo mesmo castigo. 
    6 Tomada pelo temor de Deus, a mulher refez o voto e, pela misericórdia e merecimentos do humilde santo, a quem se consagrou de novo, mereceu recuperar o uso dos membros, que tinha perdido por ingratidão e desprezo.