LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Legenda Maior - Miraculis IX,4

    4 
    1 Iudex quidam, nomine Alexander, dum a beati Francisci devotione, quos poterat, venenata lingua retraheret, divino iudicio lingua privatus, per sex annos obmutuit. 
    2 Qui cum in eo quo peccaverat, torqueretur (cfr. Sap 11,17), alta poenitudine revocatus, dolebat se contra Sancti miracula oblatrasse. 
    3 Itaque non perstitit misericordis indignatio Sancti, sed poenitentem ac se humiliter invocantem, restituta loquela, recepit ad gratiam. 
    4 Ex tunc linguam blasphemam consecravit laudibus Sancti, devotionem simul et disciplinam recipiens per flagellum.

    TEXTO TRADUZIDO

    Legenda Maior - Milagres IX,4

    4 
    1 Um juiz, chamado Alexandre, que afastava com sua língua venenosa todos que podia da devoção ao bem-aventurado Francisco, foi privado do uso da língua pelo juízo divino e ficou mudo por seis anos. 
    2 Como se sentiu atormentado naquilo com que pecara, chamado de volta por uma forte penitência, doía-se por ter falado contra os milagres do santo. 
    3 Por isso, a indignação do santo não perdurou mas recebeu na graça o penitente que o invocara humildemente, e lhe devolveu a fala. 
    4 Desde então, ele consagrou a língua blasfema aos louvores do santo, tendo recebido a devoção e a disciplina pelo castigo.