LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Segunda Vida (2Cel)

TEXTO ORIGINAL

Secunda Vita (2Cel) - 158

Caput CXVII - De revelatione sibi a Deo facta de statu Ordinis, et quod Ordo numquam deficiet.

158 
1 Consolabatur autem plurimum in visitationibus Dei (Cfr. 1Pet 5,6), quibus reddebatur securus religionis suae fundamenta semper inconcussa manere. 
2 Cui etiam promittebatur in pereuntium numero indubitata substitutio electorum. 
3 Cum enim turbaretur malis exemplis et se orationi semel conferret turbatum, hanc invectivam reportavit a Domino: “Cur tu, homuncio, conturbaris? 
4 An ego te super religionem meam sic pastorem constitui, ut me principalem nescias esse patronum? 
5 Hominem simplicem ad hoc te constitui, ut quae in te fecero, caeteris imitanda, sequantur qui sequi voluerint. 
6 Ego vocavi, servabo et pascam (cfr. Is 48,15; Apoc 10,30), et in aliorum reparandum excidium alios subrogabo, ita ut si natus non fuerit (cfr. Mat 26,24), faciam ipsum nasci. 
7 Non ergo turberis, sed tuam operare salutem (cfr. Phip 2,12), quoniam etsi ad numerum trium religio venerit, inconcussa semper meo munere permanebit”. 
8 Ex tunc maximum imperfectorum turbam unius sancti virtute superari dicebat, quia radio lucis unius innumerae tenebrae delitescunt.

TEXTO TRADUZIDO

Segunda Vida (2Cel) - 158

Capítulo 117 - Sobre a revelação que deus lhe fez sobre o estado da Ordem, e que a Ordem nunca vai acabar.

158 
1 Mas era consolado abundantemente pelas visitas de Deus, que lhe davam a segurança de que as bases de sua religião haveriam de permanecer sempre inabaláveis. 
2 Recebeu até a promessa de que novos escolhidos haveriam de substituir sempre, garantidamente, os que fossem perecendo. 
3 Numa ocasião em que estava sofrendo por causa dos maus exemplos e se apresentou perturbado na oração, interpelou-o o Senhor: “Por que te perturbas, homenzinho? 
4 Será que eu te coloquei como pastor de minha religião para desconheceres que o patrono principal sou eu? 
5 Foi para isso que eu te escolhi, homem simples, para que os que desejarem sigam as obras que eu fizer em ti e que devem ser imitadas por todos os demais. 
6 Eu chamei, guardarei e apascentarei. Para reparar a queda de uns, colocarei outros: se não tiverem nascido, eu mesmo os farei nascer. 
7 Por isso, não te perturbes, mas cuida de tua salvação porque, mesmo que a religião ficasse reduzida a três, permaneceria sempre firme pela minha proteção”. 
8 Depois disso, ele costumava dizer que a santidade de um só superava a multidão dos imperfeitos, porque um só raio de luz basta para dissipar densas trevas.