LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Segunda Vida (2Cel)

TEXTO ORIGINAL

Secunda Vita (2Cel) - 202

Caput CLIII - De devotione ad sanctorum reliquias.

202 
1 Divino cultui se devotissimum exhibens Deo dilectus (cfr. Sir 45,1) homo, nil quod Dei est (cfr. Mat 22,21), relinquebat per incuriam inhonorum. 
2 Cum esset apud Montem Casalem, in provincia Massae, praecepit fratribus, ut de quadam ecclesia ab omnibus derelicta sanctas reliquias ad locum fratrum reverendissime asportarent. 
3 Gravabatur pernimium longo iam tempore illas debita devotione fraudatas. 
4 Sed cum, poscente causa, ipsum ire alio oporteret, mandati patris immemores, filii obedientiae meritum neglexerunt. 
5 Die vero quadam, cum celebrare vellent fratres, remota sindone, ut moris est, de altari, ossa pulcherrima et nimis redolentia invenerunt. 
6 Obstupefacti sunt satis, quae numquam viderant intuentes. 
7 Regressus paulo post sanctus Dei (cfr. Luc 4,34), diligenter exquirit, si esset quod de reliquiis mandaverat adimpletum. 
8 Verum neglectae obedientiae culpam fratres humiliter confitentes, cum poena veniam meruerunt. 
9 Et ait sanctus: “Benedictus Dominus Deus meus (cfr. Ps 17,47), qui per semetipsum implevit quod vos facere debuistis!”. 
10 Considera diligenter Francisci devotionem, attende beneplacitum Dei (cfr. Ps 68,14) circa pulverem nostrum, et obedientiae sanctae magnifica laudem (cfr. Ps 68,31). Nam cuius voci non paruit homo, precibus obedivit Deus.

TEXTO TRADUZIDO

Segunda Vida (2Cel) - 202

Capítulo 153 - Sobre a devoção para com as relíquias dos santos.

202 
1 Mostrava-se devotíssimo do culto divino este homem amado por Deus, e não deixava sem a devida honra coisa alguma que é de Deus. 
2 Quando estava em Monte Casale, na província de Massa, mandou que os frades transportassem com toda reverência para seu lugar as relíquias de uma igreja abandonada. 
3 Ficava aborrecido por saber que havia tanto tempo estavam sem o culto que lhes era devido. 
4 Mas teve que se ausentar por motivos urgentes e os filhos, esquecidos da ordem do pai, deixaram de tomar em consideração o mérito da obediência. 
5 Certo dia, quando os frades levantaram a coberta para celebrar, como é costume, encontraram uns ossos muitos bonitos e perfumados. 
6 Ficaram muito espantados, pois nunca tinham visto nada semelhante. 
7 Pouco depois, o santo de Deus voltou e perguntou cuidadosamente se tinham cumprido o que mandara a respeito das relíquias. 
8 Os frades confessaram humildemente que tinham deixado de obedecer e receberam tanto a penitência como o perdão. 
9 O santo disse: “Bendito seja o Senhor meu Deus, que cumpriu por si mesmo o que vós deveríeis ter feito!” 
10 Consideremos diligentemente a devoção de Francisco, admiremos o cuidado de Deus com o pó que somos, exaltemos o louvor da santa obediência. Os homens não atenderam à sua voz, mas Deus obedeceu a suas preces.