LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

  • Fontes Franciscanas
  • Fontes Biográficas
  • Tomás de Celano
  • Segunda Vida (2Cel)

TEXTO ORIGINAL

Secunda Vita (2Cel) - 9

Caput V - Qualiter sibi oranti diabolus mulierem ostendit, et de responso quod sibi Deus dedit, et quid fecerit de leprosis.


1 Eia sic sub saeculari habitu religiosum animum gerit, et solitaria loca de publicis petens, visitatione Spiritus Sancti monetur saepissime. 
2 Abstrahitur namque et illicitur illa principali dulcedine, quae sic a principio eum plenarie superfudit, ut nusquam ab eo recesserit, donec vixit. 
3 Dum autem loca frequentat abscondita velut orationibus congrua, maligno commento nititur eum diabolus a talibus exturbare. 
4 Immitit cordi eius feminam quamdam monstruose gibbosam, suae incolam civitatis, quae horrendum cunctis praestabat aspectum. 
5 Huic illum, si non resipiscat a coeptis, comminatur similem se facturum. 
6 Sed confortatus a Domino (cfr. Eph 6,10), salutis et gratiae responsum sibi fieri gaudet; 
7 “Francisce”, inquit illi Deus in spiritu, “pro carnaliter et vane dilectis, iam spiritualia commutato, et amara pro dulcibus sumens, contemne te ipsum, me si velis agnoscere; nam, et ordine verso, sapient tibi quae dico”. 
8 Compellitur statim mandatis obedire divinis, et ad rei experientiam ducitur. 
9 Nam inter omnia infelicia monstra mundi Franciscus leprosos naturaliter abhorrens, leprosum die quadam obvium habuit, cum iuxta Assisium equitaret. 
10 Qui licet sibi taedium non parvum ingereret et horrore, ne tamen velut mandati transgressor datae fidei frangeret sacramentum, ad deosculandum eum, equo lapsus, accurrit. 
11 Cui cum manum quasi aliquid accepturus leprosus protenderet (cfr. Est 8,4; Act 3,5), pecuniam cum osculo reportavit (cfr. Gen 43, 21). 
12 Et statim equum ascendens (cfr. Ps 75,7) et huc illuc se convertens, cum campus pateret undique liber, nullis obiectis obstaculis, leprosum illum minime vidit. 
13 Admiratione inde repletus et gaudio (cfr. 2Cor 7,4) post dies paucos opus simile facere curat. 
14 Ad leprosorum habitacula tendit, et leproso unicuique data pecunia, manum illorum osculabatur (cfr. Sir 29,5) et buccam. 
15 Sic amara pro dulcibus sumit (cfr. Prov 27,77), et viriliter ad reliqua servanda se parat.

TEXTO TRADUZIDO

Segunda Vida (2Cel) - 9

Capítulo 5 - Como, estando a rezar, o diabo lhe apresentou uma mulher, e sobre a resposta que Deus lhe deu, e o que fez com os leprosos.


1 Sob a roupa secular já tinha espírito religioso e preferindo aos lugares públicos os solitários, era freqüentemente visitado por inspirações do Espírito Santo. 
2 Sua fundamental doçura o atraíra e arrebatara, tão transbordante desde o início, que nunca mais o abandonou durante toda a vida. 
3 Mas quando frequentava lugares escondidos por serem melhores para a oração, o demônio tentava perturbá-lo com diabólica falsidade. 
4 Despertou-lhe a lembrança de uma mulher monstruosamente corcunda que havia em sua cidade e que tinham um aspecto horroroso diante de todos. 
5 Dizia que o tornaria igual a ela se não desistisse de seus propósitos. 
6 Confortado pelo Senhor, teve a alegria de uma resposta de salvação e de graça: 7 “Francisco, disse-lhe Deus em espírito, se queres o meu conhecimento, tens que trocar as coisas vãs e carnais pelas espirituais, tens que preferir as coisas amargas às doces, tens que desprezar a ti mesmo. Haverá uma transformação e tudo isso vai te parecer delicioso”. 
8 Sentiu-se imediatamente obrigado a obedecer ao que Deus mandava e enfrentou a experiência. 
9 Ele, que tinha natural aversão pelos leprosos, julgando-os a monstruosidade mais infeliz do mundo, encontrou-se um dia com um, quando andava a cavalo por perto de Assis. 
10 Ficou muito aborrecido e enjoado mas, para não quebrar o propósito que fizera, apeou e foi beijá-lo. 
11 O leproso estendeu-lhe a mão para receber alguma coisa e recebeu de volta o dinheiro com um beijo. 
12 E montando logo no cavalo, olhou para todos os lados mas, apesar de estar em campo aberto, e não viu mais o leproso. 
13 Cheio de admiração e de alegria por causa disso, poucos dias depois tratou de fazer algo semelhante. 
14 Dirigiu-se para onde moravam os leprosos, deu dinheiro a cada um deles e beijou-lhes a mão e a boca. 
15 Assim substituiu o amargo pelo doce e se dispôs corajosamente para o que ainda estava por vir.