LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Secunda Vita (2Cel) - 43

    Caput XIV - De homine qui pannum obtulit, iuxta quod sanctus primitus petit.

    43 
    1 In eodem loco tunica vetusta contectus, pauperum pater (cfr. Iob 29,16) dixit semel uni de sociis, quem suum statuerat guardianum: “Vellem, frater, si posses, ut pannum mihi pro unica tunica invenires”. 
    2 Revolvit in mente sua frater, hoc audiens, quomodo pannum tam necessarium tamque humiliter postulatum acquirat. 
    3 In crastino (cfr. Iac 4,13.14) autem, summo diluculo, procedit ad portam, iturus ad villam pro panno: et ecce homo quidam (cfr. Luc 22,10) iuxta ostium sedens, volens loqui illi; 
    4 qui dixit ad fratrem: “Amore Dei accipe a me pannum pro sex tunicis, et una quidem tibi retenta, reliquas pro anima mea distribue, sicut placet”. 
    5 Exhilaratus frater redit ad fratrem Franciscum, et caelitus factam oblationem denuntiat. 
    6 Cui pater: “Accipe tunicas, quia in hoc missus est, ut meae necessitati taliter subveniret. 
    7 Gratias”, inquit, “illi qui solum de nobis videtur esse sollicitus (cfr. 1Re 9,5; Ps 39,18)”.

    TEXTO TRADUZIDO

    Segunda Vida (2Cel) - 43

    Capítulo 14 - Sobre o homem que ofereceu um pano, de acordo com o que o santo tinha pedido.

    43 
    1 Nesse mesmo lugar, o pai dos pobres, que vestia uma túnica velha, disse uma vez a um de seus companheiros, a quem constituíra seu guardião: “Gostaria, irmão, se fosse possível, que me arranjasses fazenda para fazer uma túnica”. 
    2 Ouvindo isso, o frade ficou pensando em como poderia adquirir esse pano tão necessário e tão humildemente pedido. 
    3 No dia seguinte, saiu bem cedo para ir à cidade arranjar o pano. E eis um homem sentado junto à porta, querendo falar com ele. 
    4 Disse ao frade: “Por amor de Deus, recebe esta fazenda para fazer seis túnicas, guarda uma para ti e distribui as outras como te aprouver, pela salvação de minha alma”. 
    5 O frade voltou muito alegre para junto de Frei Francisco e contou como tinha recebido esse presente do céu. 
    6 O pai disse: “Recebe as túnicas, porque esse homem foi enviado para satisfazer dessa forma a minha necessidade. 
    7 Demos graças àquele que parece que só precisa cuidar de nós”.