LÍNGUAS CLÁSSICAS

Página de Estudos das Fontes Pesquisadas

    TEXTO ORIGINAL

    Secunda Vita (2Cel) - 63

    De paupertate lectorum. 
    Caput XXXIII - Exemplum domini Ostiensis, et laus eius.

    63 
    1 In stratis et lectis ita demum abundabat copiosa paupertas, ut qui super paleas panniculos semisanos haberet, pro thalamo reputaret. 
    2 Unde accidit tempore quo fiebat capitulum ad Sanctam Mariam de Portiuncula, quod dominus Ostiensis cum turba militum et clericorum illuc ad visitandos fratres perrexit. 
    3 Qui videns quomodo fratres iacerent in terra (cfr. Iudt 14,16) et lectos considerans, quos ferarum cubilia crederes, durissime illacrimans, coram omnibus dixit: “Ecce hic dormiunt fratres”. 
    4 Et adiecit: “De nobis vero miseris quid erit (cfr. Mat 19,27), qui tanta superfluitate abutimur?”. 
    5 Omnes qui aderant ad lacrimas usque compuncti plurimum aedificati discedunt. 
    6 Hic Ostiensis ille fuit, qui tandem ostium maximum (cfr. 1Cor 16,9) in Ecclesia factus hostibus semper obstitit, donec hostiam sacram, animam illam beatam, caelo refudit. 
    7 O pium pectus, o viscera caritatis! 
    8 In alto positus, dolebat alta merita non habere, cum revera sublimior esset virtute quam sede.

    TEXTO TRADUZIDO

    Segunda Vida (2Cel) - 63

    Sobre a pobreza das camas. 
    Capítulo 33 - Exemplo do senhor de Óstia, e seu elogio.

    63 
    1 Era tão grande a pobreza em questão de camas e cobertas, que alguém que tivesse algum pedaço de pano gasto para pôr em cima da palha achava que estava ocupando um leito nupcial. 
    2 Na ocasião em que houve um capítulo em Santa Maria da Porciúncula, chegou o bispo de Óstia, com uma multidão de soldados e clérigos, para visitar os frades. 
    3 Vendo-os deitados no chão e olhando suas camas, que mais pareciam ninhos de feras, chorou muito e disse diante de todos: “Olhem onde dormem os frades. 
    4 E acrescentou: “Que será de nós, miseráveis, que tanto abusamos do supérfluo?” 
    5 Todos os presentes se comoveram até as lágrimas e foram embora muito edificados. 
    6 Foi esse o bispo de Óstia que, feito mais tarde porta principal da Igreja, resistiu sempre aos inimigos, até que entregou a Deus sua alma bendita, como uma hóstia sagrada. 
    7 Que coração piedoso, que entranhas de caridade! 
    8 Colocado no alto, doía-se por não ter altos merecimentos, mas na realidade era mais sublime pela virtude que pelo cargo.